Voltar Contatos Mapa
www.studiomel.com
técnica vocal curso de canto Musicas midis Aulas de Canto no Rio de Janeiro RJ cantoterapia Playbacks Localização do Studiomel

Studio Mel
Cursos e preços
Nossa localização

Atendimento:
de segunda à domingo
das 10:00 às 22:00 hs.
subscreva
_Ou_Mande um email__

Direção Geral

aulas de canto



Maestro Ernesto Leal
OMB 33.997


 


Os nossos alunos

DANIEL ANTUNES

Strani Amori

aulas de canto - Aluno Daniel
 
Nossa
Aluna de canto

Aulas de Canto & técnica vocal

aulas de canto & técnica vocal

 

 

 

Nossa

Aluna de canto

 

 

Nossa

Aluna de canto

aulas de canto - Aluna Claudia

 

 

Nossa Aluna de canto
Aulas de Canto & técnica vocal Aulas de Canto & técnica vocal
aulas de canto & técnica vocal

 

Aluna

A loba

 

 

Aulas de Canto
com o Aluno

Aulas de Canto & técnica vocal HumbertoAulas de Canto & técnica vocal



aulas de canto & técnica vocal

 

VENHA ESTUDAR
CANTO CONOSCO

 

Nós podemos também atender você no nosso curso de canto. Há uma quantidade enorme de pessoas que que já fizeram O curso de canto conosco. Você poderá se comunicar conosco pelo nosso Whats App (21) 98344-4808 para obter informações sobre o nosso Curso de Canto.

 

Aulas de Canto
com a Aluna


All By Myself

aulas de canto - Aluna Roselene

 

 

Atendimento


STUDIO MEL


Rua Valparaíso, 83 / 302 - Tijuca. Rio de Janeiro


CONTATO

Tel :   (021) 3073-0000
Cel :   (021) 98344 4808

De segunda-feira a sexta - feira no horário das 08:00 às 22:00.

 

 

 

 

Baixe nossa - APOSTILA DE CANTO

Vocalises - programa completo com treinamento on line - Técnica Vocal



LEIA E PRATIQUE TAMBÉM
Vocalises para treinamento dos graves e agudos
Vocalises para treinamento articulação das consoantes
Vocalises para treinamento do Ataque Vocal
Vocalises para treinamento da Locução

ueMVOCALISES

VOCALISES
Dicas
Importantes

1 - Cante com os vídeos abaixo para se exercitar. Tente fazer com o cantor todas as introduções. É muito importante desenvolver a sua percepção auditiva. Eu sei que você terá dificuldades mas isto faz parte do treinamento.

2 - Em um show, repare que as músicas mais lentas e com menor dificuldade são colocadas no inicio e as músicas mais agitadas, animadas e com maior dificuldadedo meio para o final. Isto é feito para que o cantor possa fazer um aquecimento natural da voz.

3 - É muito mais fácil para um cantor experiente fazer um show de 4 horas do que cantar somente 3 ou 4 músicas em uma apresentação de 15 minutos.

4 - Cante sempre primeiro com o cantor qualquer música que queira aprender. Depois que tiver certeza da letra e da melodia vá progressivamente a cada vsz que cantar diminuindo o som da música de forma que sua voz suplante a do cantor. Faça sempre a comparação para auferir o ritimo e a melodia.

 

VIDEOS DE VOCALISE

1ª etapa - Aquecimento
DO VÍDEOS 001 ATÉ 006 ESTÃO NA PLAYLIST ABAIXO



001 Aulas de Canto & técnica vocal AQUECIMENTO E RESSONÂNCIA
002 Aulas de Canto & técnica vocal AQUECIMENTO E RESSONÂNCIA
003 Aulas de Canto & técnica vocal AQUECIMENTO E PERCEPÇÃO
004 Aulas de Canto & técnica vocal AQUECIMENTO E RESPIRAÇÃO
005 Aulas de Canto & técnica vocal AQUECIMENTO E ARTICULAÇÃO
006 Aulas de Canto & técnica vocal AQUECIMENTO E EXTENSÃO

VIDEOS DE VOCALISE

2ª etapa - Respiração e Apoio
DO VÍDEOS 007 ATÉ 012 ESTÃO NA PLAYLIST ABAIXO

 

007 Aulas de Canto & técnica vocal RESPIRAÇÃO E APOIO
008 Aulas de Canto & técnica vocal RESPIRAÇÃO E STACCATO
009 Aulas de Canto & técnica vocal RESPIRAÇÃO E LEGATO
010 Aulas de Canto & técnica vocal RESPIRAÇÃO, STACATO E APOIO
011 Aulas de Canto & técnica vocal RESPIRAÇÃO E APOIO
012 Aulas de Canto & técnica vocal RESPIRAÇÃO E APOIO

 

VIDEOS DE VOCALISE

3ª etapa - Ressonância
DO VÍDEOS 013 ATÉ 018 ESTÃO NA PLAYLIST ABAIXO



013 Aulas de Canto & técnica vocal RESSONÂNCIA
014 Aulas de Canto & técnica vocal RESSONÂNCIA , RESPIRAÇÃO E APOIO
015 Aulas de Canto & técnica vocal RESSONÂNCIA
016 Aulas de Canto & técnica vocal RESSONÂNCIA , RESPIRAÇÃO E APOIO
017 Aulas de Canto & técnica vocal RESSONÂNCIA
018 Aulas de Canto & técnica vocal RESSONÂNCIA

VIDEOS DE VOCALISE

4ª etapa - Articulação
DO VÍDEOS 019 ATÉ 022 ESTÃO NA PLAYLIST ABAIXO

 

019 Aulas de Canto & técnica vocal ARTICULAÇÃO
020 Aulas de Canto & técnica vocal ARTICULAÇÃO
021 Aulas de Canto & técnica vocal ARTICULAÇÃO
022 Aulas de Canto & técnica vocal ARTICULAÇÃO

 

vocalises para combinar a extensão, a agilidade, a rapidez, a intensidade, a destreza, assim como as mudanças de vogais.

 

Conforme a tendência da pessoa, de se contrair ou de permanecer relaxada, usaremos as vogais abertas ou fechadas.


Como podemos repetir várias vezes o mesmo tema, é preciso manter a pressão ao subir e relaxá-la somente no início da subida seguinte, menos na última vez para não estar em posição inspiratória, o que inverteria os movimentos respiratórios.

 

Uma vez lentamente, três vezes depressa, mudando as vogais.

 

A primeira escala em i, ou ê, à plena voz, a segunda vez com u, ppp, ou ao contrário, dependendo do modo como a pessoa reage.

 

A mesma técnica será adotada para os exercícios que seguem, sempre alternando as vogais.

 

Como regra geral, subir uma escala, a intervalos ascendentes é: aumentar a pressão, alargar as cavidades de ressonância, dirigir o sopro para cima e para trás, acima do véu palatino, tanto no grave como no agudo, de modo que a sensação de tremor vibratório esteja sempre “localizada no alto”. Descer a escala, é controlar a descida da laringe, mas sem deixar cair a zona de ressonância, nem a pressão e sem fechar as cavidades de ressonância.
Na subida dos sons, a maioria dos cantores se preocupa principalmente com as notas agudas. Se elas são difíceis, isso pode ter as razões mais variadas. Pode ser que elas estejam comprimidas, que haja falta de homogeneidade. É sempre por que a adaptação ao treinamento, no seu conjunto, não foi progressiva. Pode ser que a voz passe rapidamente, suba e desentoe. Para evitar este defeito, é preciso manter a respiração baixa no grave, dar pouca pressão e, no entanto, não reter o sopro; não se trata de parar a atividade mas somente economizá-la, mantê-la, e cuidar da direção do sopro.
Às vezes, o cantor canta desafinado por outros motivos. A voz sobre sobretudo no final das frases ou sobre uma nota sustentada muito tempo. As cordas vocais coaptam fortemente, a voz fica comprimida, o cantor exerce pressão.

 

Figura 29 - Elevação do véu palatino e alargamento das cavidades de ressonância.

Outras vezes canta muito baixo, por conta de uma má adaptação respiratória. Por falta de sustentação, o sopro não resiste e é gasto rapidamente. As cordas vocais coaptam mal e as cavidades de ressonância não mantêm a postura. A voz é velada. Por todas estas razões, pode ser que o cantor não consiga sustentar um som sem desafinar.
Em todo caso, o cantar desafinado causa sensações bem diferentes daquelas que são consideradas normais quando se canta certo. O cantor deve poder reconhecê-las.
Ele precisa “sentir” se está desafinando, pois ele pode não ter consciência deste fato.

 


STUDIO MEL

Aulas de CANTO com gravação de CD GRÁTIS.
Rua Valparaíso, 83 / 302 - Bairro - Tijuca.
Cidade Rio de Janeiro


TELEFONES : (021) 3073-0000 cel (021) 98344-4808

Maestro Ernesto Leal OMB 33.997
Diretor do Studio Mel